Fim de semana passado minha EOS3 ganhou sua primeira cicatriz de batalha, caindo com vontade numa pedra de cachoeira na Serra do Cipó. Se as fotos sobreviveram eu não sei – ainda tenho 15 poses no filme e não estou pra desperdiçar um artigo tão caro pela minha ansiedade.

Foi assim que comecei o texto de um rascunho que pretendia publicar sobre meu (oficialmente) primeiro ensaio de nus, realizado em Janeiro. O carnaval passou e eu finalmente revelei as fotos, então publicarei o restante do post:

Fomos eu, minha amiga e modelo preferida Gabbytz, minha filha e meu amigo Ely nos aventurar numa trilha em busca de uma cachoeira menos populada na serra. E não é que encontramos? Subindo uma longa e íngreme trilha, passando por pedras, areia, mato e pedregulhos, alcançamos uma piscina de águas límpidas e sardinhas selvagens, com uma pequena cachoeira. Ficamos ali por um tempo, mas uma vez cansados de ser mordiscados pelos peixes, procuramos nos aventurar na trilha e, não muito longe, encontramos um pequeno paraíso. Uma piscina ainda mais límpida ainda e sem peixes!
Mas esse não é um site de eco aventuras nem eu sou fotógrafa de paisagens. Tanto que não tirei uma foto sequer da cachoeira, da trilha, etc. Eu fui pra lá relaxar, e me aventurar… só que eu e Gabbytz há anos estamos no ‘bora marcar’ de uma sessão de nus. Achamos, por fim, a oportunidade certa e o momento mais gostoso e espontâneo pra fazer isso.

E assim nasceram as fotos que seguem, que estou publicando com exclusividade no site :) (Algumas outras publiquei no Flickr)


Detalhes técnicos:
– Câmera: Canon EOS3
– Lente: Sigma 50mm 1.4 EX DG HSM
– Polarizador: Greika
– FIlme: Agfa Vista 200